O tratamento da enxaqueca crônica é realizado de duas formas, descritas no Consenso Latino-Americano para as Diretrizes de Tratamento de Migrânea Crônica e Consenso da Sociedade Brasileira de Cefaleia sobre o tratamento da migrânea crônica:1, 2

Tratamento agudo - para reduzir a frequência e intensidade das crises. Tem o objetivo de melhorar os sintomas das crises, a escolha do medicamento será definida por um médico caso a caso, incluindo tratamento hospitalar em pronto-socorro.1

Tratamento preventivo -  para prevenir a recorrência das crises1 , podem ser utilizados medicamentos orais, tais como antidepressivos tricíclicos, neuromoduladores, betabloqueadores e bloqueadores dos canais de cálcio, e também  medicamentos injetáveis 2 3.

Dentre os antidepressivos, os tricíclicos 2 são os mais utilizados para o tratamento da enxaqueca crônica. Há também os neuromoduladores e os betabloqueadores, os mais antigos no tratamento preventivo da enxaqueca crônica.

Na categoria dos injetáveis, um dos tratamentos tem o objetivo de reduzir a percepção da dor pelo sistema nervoso central1,2, ele é injetado nas fibras musculares em pontos específicos da cabeça, do pescoço e na porção mais alta do tronco. De acordo com o Consenso da Sociedade Brasileira de Cefaleia, é o único tratamento injetável com recomendação classe A1,2, que indica os tratamentos mais efetivos, com maior evidência e dados clínicos de eficácia.

Ainda dentre os injetáveis, há os anticorpos monoclonais, com atuação sistêmica e que inibem a ação de uma molécula responsável pelo desencadeamento da enxaqueca3.

Existem opções de tratamentos específicos que podem melhorar sua qualidade de vida1-3, mas todos eles devem ser orientados por um médico, e podem ser acompanhados também por uma equipe multidisciplinar. É sempre importante buscar orientação médica.

As informações disponíveis no portal Enxaqueca Crônica tem a intenção de fornecer informações sobre a condição. A consulta com o profissional de saúde é fundamental e imprescindível para eventual diagnóstico, tratamento e acompanhamento do paciente.

Referências:

As referências deste texto são direcionadas à comunidade científica e profissionais de saúde. Em caso de dúvidas sobre a enxaqueca crônica, sintomas e tratamentos, consulte sempre um profissional de saúde.

1 - Giacomozzi AR et al. Consenso Latino-Americano para as Diretrizes de Tratamento de Migrânea Crônica. Headache Medicine 2012;3(4):150-160.

Consenso Latino-Americano para as Diretrizes de Tratamento da Migrânea Crônica (headachemedicine.com.br)

2 - Kowacs F, Roesler CAP, Piovesan ÉJ, et al. Consensus of the Brazilian Headache Society on the treatment of chronic migraine. Arq Neuropsiquiatr. 2019;77(7):509-520. https://www.scielo.br/pdf/anp/v77n7/0004-282X-anp-77-7-0509.pdf

3 - Sacco S, Bendtsen L, Ashina M, Reuter U, Terwindt G, Mitsikostas DD, Martelletti P. European headache federation guideline on the use of monoclonal antibodies acting on the calcitonin gene related peptide or its receptor for migraine prevention. J Headache Pain. 2019 Jan 16;20(1):6. https://thejournalofheadacheandpain.biomedcentral.com/track/pdf/10.1186/s10194-018-0955-y


TESTE O IMPACTO DA ENXAQUECA NA SUA VIDA

Você já se perguntou “Quanto a enxaqueca me afeta?”. Faça o teste e descubra como a dor tem impacto em sua vida pessoal e profissional. O prejuízo pode ser maior do que você imagina!

SAIBA +
DIÁRIO DA ENXAQUECA

Baixe o aplicativo e anote suas atividades diárias e as informações sobre as crises de dor. Esses detalhes podem ajudar o especialista no seu diagnóstico! É rápido e simples.

SAIBA +
ENCONTRE UM MÉDICO

Localize os médicos, membros da Sociedade Brasileira de Cefaleia, indicados para diagnosticar enxaqueca crônica e prescrever o tratamento adequado para seu caso.

SAIBA +